Para onde vai nosso lixo eletrônico?

Para responder a pergunta, um cineasta pegou seu próprio lixo eletrônico e decidiu levá-lo para o que seria seu destino final.

Para onde vai nosso lixo eletrônico?

De repente, aquele aparelho eletrônico que tanto desejamos se torna ultrapassado e nós começamos a ansiar por um novo, mais moderno, atualizado, da marca ‘x’ que está na moda.

Essa é a realidade que vemos ao nosso redor. Mas há ainda uma outra realidade, que não costumamos ver, mas que chamou a atenção do cineasta Alex.

Para responder a pergunta que fiz no comecinho desse post, ele pegou seu próprio lixo eletrônico e decidiu levá-lo para o que seria seu destino final.

Acompanhe a jornada.

É chocante.

O bacana é que o vídeo divulga a Gizmogul, empresa que recebe doações de lixo eletrônico para reciclá-los com responsabilidade e que fez uma parceria com a African Outreach.

A ideia aqui é financiar uma escola primária em Agbogbloshie, em Gana, onde fica um dos piores lixões e-waste do mundo (esse mesmo do vídeo).

Os rendimentos ajudarão a escola a construir uma biblioteca e laboratório de informática, fornecer ferramentas de educação, apoio econômico para os professores e financiar programas educativos.

 

 

 

 

 

 

Via UoD

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s