Supermercado de seguidores – o mercado negro do Instragram

Tente se lembrar de quantas vezes você já caiu num perfil no Instagram com número giga de seguidores, mas quando foi olhar uma foto, fuén, fuén, fuén… menos de 100 curtidas e zero comentários.

É, Brasil, é bem aí que dá pra sacar quem compra seguidores. E não é pouca gente: só no site suba.Me, um dos maiores entre os que oferecem o serviço, são feitas cerca de 5 mil (!) comercializações de followers por mês. Oferta tentadora, já que os preços são camaradas, e a satisfação, embora efêmera, é garantida.
#SDV
Nós testamos! A repórter @beatricets interagiu com alguns perfis que vivem comentando “troco likes”, “sdv” e “troco elogios” pra ver como a coisa se desenrola pra valer: Espia só:
“Sigo de volta”
Bea seguiu 20 pessoas
12 a seguiram de volta
7 deram unfollow em menos de 15 minutos
5 continuaram seguindo

“Troco Likes”
Bea curtiu fotos de 20 pessoas
11 curtiram de volta

“Troco elogios”
Bea elogiou 20 pessoas (tipo “linda”, “show”, “top”, sabe?)
8 a elogiaram de volta
3 agradeceram o elogio em seus perfis tagueando-a, mas não comentaram na foto dela

– E pra você aí que fica se perguntando quanto lucra uma blogueira…

Salario (Foto: Glamour)

– Mesmo as menos conhecidas fazem um bom dinheirinho:

Salário 2 (Foto: Glamour)

Por trás da caça aos fantasmas do instagram

Procuramos Melissa Amorim Vidal, gerente de comunicação do Insta na América Latina, pra contar tim-tim por tim-tim como funcionou a varredura de seguidores que tanto fez barulho no dia 18/12, quando contas fakes, inativas e os spammers foram excluídas.
Essa limpeza foi enorme, né? Ela deve acontecer de novo?
Sim. Isso é um esforço contínuo, todo dia detectamos e deletamos contas inativas. No caso de spammers, entramos em contato e, caso continuem a mandar frases chatas e a publicar spam nas contas alheias, aí simos desativamos.Odia 18 foi como se apertássemos um botão: o grosso que era inativo, spammer ou fake, sumiu. Já tínhamos feito isso em abril passado e faremos de novo.
O que define uma conta fantasma pro Instagram?
São: 1) contas de autopromoção ou pedidos de qualquer tipo, daqueles que a gente nota que a pessoa postou o mesmo conteúdo em outros locais ou está seguindo várias contas pra ganhar seguidores em retorno; 2) contas que fazem spam, ou seja, comentários repetitivos ou comfinalidade comercial, como códigos de desconto ou endereços de sites externos. Não são interações genuínas e significativas, entende?
Vocês sempre conseguem detectar a comercialização de seguidores, por exemplo?
Sim, temos uma combinação de sistemas manuais e automatizados que identificam comentários indesejáveis, curtidas e outros comportamentos spammers, proibidos pelo nosso termo de uso. E regularmente analisamos tendências e fazemos mudanças pra combater esse problema.
Acontece algo na prática com quem compra seguidor?
Não. Não desativamos a conta do comprador, ele só perde os seguidores falsos quando os detectamos. Já com quem vende, como disse, avisamos primeiro e, se o comportamento continuar, deletamos a conta.

Com a palavra, blogueiras que perderam muitos followers

Helô Gomes, Blogueira (Foto: Reprodução Instagram)

Helô Gomes @helogomes
(tinha 98 mil seguidores, perdeu 26 mil)

Ganhei 30 mil seguidores com a história da selfie nas urnas (Helô foi capa da Folha porque fez uma selfie durante a votação). Mas, passadas as eleições, não havia tantos comentários. Então, achei ótima a limpeza. Minhas fotos hoje têm mais engajamento. Nunca comprei seguidores, porque minha opinião não é um produto”

Anna Fasano (Foto: Reprodução Instagram)

Anna Fasano @annarfasano
(tinha 166 mil seguidores, perdeu 12 mil)

A limpeza foi algo positivo, apesar de ter perdido em número. Assim, só me segue gente de verdade, que é pra quem quero falar. Ser seguida por spam não me ajuda em nada! Não compraria e não conheço quem compre. Óbvio que tem, mas ninguém quer falar, né?”

Lala (Foto: Reprodução Instagram)

Lalá Noleto @lalanoleto
(tinha 535 mil seguidores, perdeu 19 mil)
Com mais de 500 mil seguidores, acho que o que perdi na limpa está dentro das proporções. Não abalou meu business. O que mais interessa hoje é engajamento. Nunca comprei e não compraria seguidores”

Le (Foto: Reprodução)

Lê Diniz @lediniz
(tinha 45 mil seguidores, perdeu 40 mil)

Contratei uma agência americana e fui instruída a seguir famosos e por mais #.
Em dois meses, ganhei 30 mil seguidores! Não sei se compraram, mas bemque me assustei. Fato é que meus parceiros continuam satisfeitos”.

Oi (Foto: Revista Glamour)

Via Glamour

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s