O que você vai ser quando seu filho crescer?

A nova campanha do leite Ninho, da Nestlé, que estreou ontem, gravou depoimentos reais de mães e filhos sobre o futuro. O resultado levou as mães às lágrimas.

Primeiro, um entrevistado que não aparece no vídeo pergunta à mãe o que o filho dela quer ser quando crescer. O mesmo é perguntado ao filho. A segunda questão é: o que você vai ser quando seu filho crescer? As mães têm dificuldade de responder. Já os filhos têm todos a mesma resposta: “Vai ser minha mãe”.

Segundo a marca, nenhuma conversa foi ensaiada e a resposta idêntica das crianças foi uma coincidência – uma não viu o depoimento da outra. “Esse registro (mães emocionadas) só foi possível graças ao ineditismo das respostas e à surpresa positiva que tiveram”, disse Rachel Muller, gerente executiva de marketing da Nestlé. Depois de interrogar as mães, a produtora mostra a elas um vídeo com a resposta do filho.

Para criar a campanha publicitária, a marca diz ter consultado antropólogos e psicólogos para entender em profundidade a relação entre mãe e filho, assim como os vínculos que se formam na infância e permanecem ao longo da vida.

Cerca de 400 mães foram entrevistadas em todo o Brasil. No comercial, três aparecem. Segundo Rachel, elas pensavam que as gravações faziam parte de um casting para um comercial de TV e não conheciam detalhes da campanha. “As entrevistas foram feitas em ambientes separados, sem nenhum contato ou informação sobre o teor das perguntas.”

A criação é da Publicis Brasil. Quem assina a produção é Hungry Man e a Deiró Moving Ideas. O filme tem versões de 30 segundos e 1 minuto e será veiculado em todo o País em TV aberta.

Via Radar da Propaganda

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s