Está relançado o TIDAL, uma plataforma de música detida por músicos

Até hoje, o TIDAL podia ser visto como apenas mais um serviço de streaming de música e também como um serviço que provavelmente não resistiria à força de gigantes – não só pelo preço alto da assinatura (13,99 euros/mês em Portugal), mas também pela promessa ser pouco chamativa (os 320 kbps do Spotify são suficientes para a maioria das pessoas).

Mas hoje tudo mudou. O TIDAL, que pertence a Jay Z desde que o comprou no início deste ano à sueca Aspiro, passou a pertencer aos músicos. Kanye West, Jack White, deadmau5, Daft Punk, Usher, Arcade Fire, Beyoncé, Coldplay, Madonna, Alicia Keys e outros grandes nomes da industria mundial juntaram-se ao rapper norte-americano para defender uma plataforma de música detida por quem faz música.

Numa curta cerimônia em Nova Iorque, esta noite, os artistas assinaram uma declaração conjunta em jeito de compromisso para defender o TIDAL enquanto serviço de streaming de música que beneficie não só os músicos, como os ouvintes. “Queremos criar um melhor serviço e uma melhor experiência para fãs e artistas. A nossa missão vai para além do comércio e da tecnologia”, explicou Alicia Keys em palco.

O TIDAL está pronto para crescer e ganhar território num mercado dominado pelo Spotify. Com mais de 60 milhões de utilizadores, dos quais só 15 milhões são assinantes, o Spotify é líder e está presente em praticamente todo o lado (computadores, TVs, tablets e celulares). O seu modelo gratuito tem sido, todavia, criticado por alguns músicos e editoras, que não se sentem compensados financeiramente.

Por seu lado, TIDAL reúne entre 15-20 mil utilizadores, todos eles assinantes porque o serviço não tem modalidade gratuita. Mas, acima de tudo, tem o apoio de alguns dos maiores nomes da indústria musical, que prometem usar o serviço para distribuir conteúdo exclusivo.

O relançamento do TIDAL foi acompanhado por uma campanha nas redes sociais, nos perfis de Facebook e Twitter de todos os músicos que assinaram a declaração. Para além da mudança das fotos de perfil para uma imagem azul, foi utilizada a hashtag #TIDALforALL para passar diversas mensagens e ainda partilhado um teaser que encheu, à mesma hora, os feeds de muitos milhões de pessoas.

Via Shifter

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s