Personal trainer americano cria ‘sorvete saudável’ e vende milhões

15083265

Quando Alexander Soros, filho do bilionário administrador de fundos de hedge George Soros, promoveu um jantar beneficente em uma quente noite de verão nos Hamptons, em julho de 2012, Michael Shoretz estacionou seu carrinho de sorvete bem perto da área em que as mesas estavam posicionadas, para oferecer amostra de suas barras de sorvete Enlightened.

Shoretz vestia uma camiseta e uma boné com o logotipo da Enlightened, e parecia deslocado em meio aos convidados do jantar de gala, mas isso não o incomodava. Só queria uma oportunidade de divulgar suas novas barras de sorvete com baixo teor de gordura e alto teor de proteína. E Soros aprovava completamente a ideia, e por um bom motivo: ele não só é amigo de Shoretz como investiu em sua empresa iniciante.

De lá para cá, o Enlightened – promovido como “o sorvete que faz bem” – está apresentando desempenho impressionante. As vendas das barras, que supostamente têm apenas um terço da calorias, um quarto do açúcar e o dobro das proteínas de um sorvete normal, atingiram o US$ 1 milhão em 2013 e mais de US$ 4 milhões em 2014. Cerca de 4 mil estabelecimentos de varejo, entre os quais as redes Whole Foods Market e A&P, agora vendem a marca.

Shoretz, que opera com a marca Enlightened por meio de sua Beyond Better Foods, prevê vendas de entre US$ 15 milhões e US$ 20 milhões em 2015 e de US$ 75 milhões a US$ 100 milhões ao final do quinto ano de operações da companhia, em 2017.

Embora os objetivos possam parecer ambiciosos, ele insiste em que são realistas. Os sorvetes Enlightened passarão a ser oferecidos em três novos sabores (levando o total a dez) e a empresa passará também a vender salgadinhos de baixo teor de gordura e alto de proteína chegando ao mercado este mês.

O momento pode ser perfeito. “As pessoas estão mais preocupadas do que nunca com o frescor e a saúde”, disse Howard Davidowitz, presidente da Davidowitz & Associates, uma consultoria nacional de varejo e de bancos de investimento, em Nova York. Se uma companhia pode tomar um produto de alto valor calórico como um sorvete e torná-lo saudável, talvez tenha descoberto uma mina de ouro, ele diz. O Enlightened “está na área certa no momento certo, e essa área pode ver crescimento explosivo”.

Matéria completa em Folha de S. Paulo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s