‘Teletubbies’ voltarão ao ar, 14 anos após o fim do programa original

20150408-092801

Já se passaram quase duas décadas desde que Tinky Winky, Po, Dipsy e Laa-Laa apareceram pela primeira vez na televisão e 14 anos desde que saíram do ar. Mas, agora os “Teletubbies”, programa para bebês e crianças que virou febre mundial nos anos 1990, voltará à televisão como um remake, com estreia prevista para o fim do ano.

O elenco de vozes que darão vida aos personagens inclui o ganhador do Oscar Jim Broadbent e a atriz Jane Horrocks. “Teletubbies” teve os direitos comprados por uma empresa canadense e será produzido Darrall Macqueen.

Apesar dos nomes envolvidos na nova produção, Anne Wood, o cocriadora do programa original, que a Ragdoll Productions produziu entre 1997 e 2001, revelou no mês passado que não acompanhará os novos episódios.

“Eu não conseguiria”, disse ela ao “Radio Times”, “Todos os meus programas são como os meus filhos. É como ver uma criança refeita na imagem de outra pessoa. Há remakes de muitos programas sendo feitos e eu sinto que a indústria de televisão para crianças vale mais do que isso. Seria bom se novos trabalhos fosse mais encorajados”.

Um conjunto de remakes britânicos de várias qualidades inclui “Thunderbirds”. A nova série, “Thunderbirds Are Go!”, que o canal britânico ITV anunciou no último sábado, terá Rosamund Pike, de “Garota exemplar”, como a agente Lady Penelope, mas sem as sequências de fantoches.

O eterno capitão Kirk de “Star trek”, William Shatner, e Michael Palin, do Monty Python, por sua vez, emprestarão suas vozes para a nova versão de “The clangers”, produzido pela BBC e a empresa Sprout. “Super Ted”, “The wombles” e “Danger mouse” também estão esperando sua vez para uma releitura do século XXI.

Esse é um motivo de preocupação apenas para os nostálgicos de certa idade? Não para Greg Childs, ex-produtor da BBC e do canal ITV. “Isso é algo que realmente está acontecendo”, diz. “Financiar programas infantis tem sido um desafio severo. Há um grande risco envolvido, e mesmo que as crianças não conheçam, seus pais sim. E são eles que compram os produtos e fazer as escolhas”, explicou Childs ao jornal “Independent”.

Em fevereiro, um relatório coordenado pela Producers Alliance for Cinema and Television (Pact), associação para produtores de conteúdo independente, revelou uma queda de 95% no financiamento da TV infantil. “Financiar programas infantis tem sido um desafio severo. Há um grande risco envolvido, e mesmo que as crianças não os conheçam, seus pais sim. E são eles que compram os produtos e fazem as escolhas”.

“Isso levou a uma situação em que dez anos depois o ITV e o Channel 4 não estão mais investindo e a BBC é essencialmente o último comprador”, revelou Rosina Robson, que trabalha na Pact. E mesmo a BBC está a inclinada a fazer mais remakes ou acordos com empresas estrangeiras (como no caso de “The Clangers”). “Por um lado é bom porque significa que mais programas serão feitos”, analisa Childs, “Mas por outro é preocupante a medida que esses programas podem ou não retratar crianças britânicas, contando a elas suas próprias histórias”.

Aqueles que escolhem fazer um remake precisam enfrentar ainda um outro risco, a reação nostálgica. A nova versão de “Postman Pat” teve que trazer de volta a canção original depois que o novo tema não agradou, enquanto “Fireman Sam” e “Thomas the tank engine” foram dois dos programas cujas novas versões animadas geraram protestos.

Mas ainda há esperança de um final feliz. A computação gráfica é mais difundida por ser mais barata graças, em parte, à grande redução de impostos para animações pelo governo britânico desde 2013. A Pact, que estima que a mudança tenha atraído mais de £ 50 milhões de gastos no primeiro ano, promove, desde dezembro, uma campanha para estimular programas infantis usando atores reais. “Nós queremos ver mais ideias e conteúdos originais”, diz Rosina.

Até mesmo Anne Wood está um pouco otimista e espera que “Teletubbies” floresça em novas mãos. Ela agora tem 77 anos, mas depois de seu sucesso seguido por “In the night garden”, “Twirlywoos”, seu novo show, fez sua estreia no canal CBeebies em fevereiro.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s